×

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
×
Histórico

A partir de 1885, famílias de imigrantes italianos chegam ao sul do Brasil e, em busca de uma vida melhor, instalam-se nas Linhas Frei Caneca e Independência. Seguido dos imigrantes poloneses e alemães erguem, em 1892, a Freguesia de Monte Vêneto, em homenagem a região do Vêneto, na Itália, de onde eram procedentes. Devotos à religiosidade, contaram com o auxílio e incentivo de padres, como Dom Fortunato Odorizzi, Eugênio Medicheschi e David Angelli para a consolidação da freguesia, os quais buscaram alternativas para garantir o fomento agrícola, indústrias e comércio local.

Foi em Monte Vêneto, que surgiu a primeira cooperativa de laticínios do Brasil: Cooperativa Trabalho e Progresso, como também, o frigorífico “A Sul Americana”, considerado o “pai dos frigoríficos do Brasil”. Junto a ele, destacam-se na história a vocação para ourivesaria e fábrica de esquadrias. Monte Vêneto pertencia a Alfredo Chaves - atual Município de Veranópolis e, em 1939, devido a Segunda Guerra Mundial, a comunidade viu-se forçada a mudar o nome de Monte Vêneto para Cotiporã que, em tupi guarani significa “lugar bonito”. 

Em 1982 surge, no coração dos cotiporanenses, o sonho da emancipação política. Em 9 de maio, 89% da população decidiu, por meio de plebiscito, ser independente. No dia 1º de janeiro de 1983, Cotiporã instala-se como município tendo como primeiro prefeito o Sr. Eraldo José Fellini.


© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Cotiporã/RS

topo