Além de incentivar a leitura, o evento, realizado nos dias 24 e 25 de agosto em Cotiporã, proporcionou conversas, teatro, música, oficinas e muita cultura.

 

Oferecendo diferentes atrações, aconteceu nos dias 24 e 25 de agosto, a Feira do Livro em Cotiporã. Neste ano, o evento contou com a temática “De Asas a sua Imaginação”, incentivando a leitura e a criatividade entre os participantes.

O Patrono desta edição, o escritor Luís Dill, destacou a escolha do tema para a importância da leitura na vida das pessoas, ressaltando os benefícios da mesma para o engrandecimento intelectual e cultural da sociedade. Os alunos das Escolas Municipais e Estadual participaram de um bate papo com o Patrono, que compartilhou sua trajetória, respondeu diversos questionamentos e incentivou a prática entre os jovens. Ainda durante a Feira, Luís Dill e o escritor Sergio Buchholz Sottili lançaram suas obras. Em um bate papo entre os escritores, os livros “Guri do Cimento” e “Minha Camisa Amarela de Flanela” de Luís Dill e o livro “Agapito” foram apresentados ao público presente.

A Feira do Livro contou também com a participação da escritora Patrícia Langlois que, através da contação de histórias, envolveu as crianças da pré-escola e também do ensino fundamental. Além do Patrono Luís Dill e da Patrícia Langlois, os escritores Adão Wons, Siziane Koch e Sergio Buchholz Sottili participaram da feira expondo suas obras.

Durante a abertura oficial, o Prefeito José Carlos Breda afirmou a importância do evento para o desenvolvimento cultural de Cotiporã e para o crescimento pessoal de cada indivíduo: “Incentivar o hábito da leitura é um desafio no mundo do hoje e a Feira do Livro, desafia cada um de nós a buscar mais conhecimentos, formar o nosso caráter e tomar decisões, ter nossos próprios propósitos. Esse evento é uma oportunidade de aprender e de crescer, afinal, a vida é um eterno aprender.” Concluiu o Prefeito Breda.

A Feira do Livro 2018 foi uma realização do Centro Cultural com apoio da Prefeitura de Cotiporã, através da Secretária de Turismo e Cultura, Secretaria de Educação e Desporto, Cia Teatral Arte in Cena e Associação dos Universitários Cotiporanenses.

 

Diversas formas de arte

Para engrandecer o evento, a Feira do Livro contou com diversas atrações que contemplaram diferentes expressões de arte, como o show de mágica, com Cris Keyne e o espetáculo teatral “Procura-se”, onde três palhaços mudos divertiram o público. Oficinas de origami e de teatro foram ministradas pelas professoras Danieli Zardo e Adriana Titon Balotin, respectivamente. 

Com apenas 14 anos, a desenhista Júlia Pasquali apresentou a exposição “Através de um Lápis Preto”, apresentando suas criações e incentivando crianças e jovens a utilizar de suas habilidades e criatividade.

As Escolas da Rede Municipal de Ensino emocionaram seus familiares com uma apresentação musical e teatral com o tema: “Família: Lugar onde os caminhos e o amor pela literatura se encontram”. 

Já os universitários cotiporanenses realizaram a Mostra Universitária, apresentando seus cursos e respectivas áreas de atuação, possibilitando aos jovens estudantes mais esclarecimentos e orientações sobre as profissões que podem seguir.