A Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde tem a honra de convidar todas as mulheres cotiporanenses para que participem do evento “Diva Day”. Movimento voltado totalmente ao Outubro Rosa, o qual tem como objetivo ressaltar a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e a importância da saúde da mulher.
O evento será realizado no dia 20 de outubro (sexta-feira), com início às 13 horas no Ginásio Municipal de Esportes.
Confira a programação:

  • 13h30min: Palestra sobre empoderamento feminino.
  • 14 horas: Aula de zumba com a equipe da Let`s Go Academia.

As demais atividades acontecerão concomitantemente:

  • Exame de visão;
  • Oficina sobre auto-exame de mamas;
  • Oficina sobre fortalecimento da musculatura do períneo;
  • Atividades de embelezamento em parceria com os salões de beleza do município e escolas profissionalizantes;
  • Massagem.

Participe e declare seu amor por você mesma.

 

 

Na última semana, de 6 a 8 de outubro, na cidade de Porto Alegre, aconteceu 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde (1ª CVS/RS).  

Estiveram presentes cerca de 700 participantes – entre delegados e convidados vindos de 150 municípios.

Representando o município de Cotiporã, a delegação era composta pela representante do Gestor Municipal Bruna Tres, representante dos trabalhadores Enfermeira Eliane Tibola e representando os usuários do SUS de nosso município Odila Girardi e Neri Pitol.

Na abertura, o presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES/RS) e presidente da Conferência, Cláudio Augustin, falou das dificuldades enfrentadas para a sua realização, mas que, neste momento, mantê-la foi “fundamental”, pois é resultado da luta de muita gente.

O município de Cotiporã participou durante o evento, nas discussões de propostas, elegendo as propostas que irão à Etapa Nacional em Brasília, assim como os delegados representantes de nossa região e estado.

Esse espaço se constitui o espaço máximo de participação social nas políticas de saúde no Brasil. A participação Social é um dos princípios do SUS e está sendo cada vez mais necessária, para garantia de manutenção dos serviços e de verbas das quais os municípios dependem para manter em atividade a atenção a saúde.

 

Na manhã desta segunda-feira (09), o Grupo Promoção da Saúde realizou com os idosos cotiporanenses atividades e brincadeiras que remetem à infância.

Em comemoração a semana das crianças e com o objetivo de desenvolver a coordenação motora, o equilíbrio, agilidade e principalmente interação social, o grupo divertiu-se resgatando a criança que há dentro de si.

As atividades foram desenvolvidas em frente a Igreja Matriz e ministradas pela Fisioterapeuta Bruna Ferronato Moro e pela nutricionista Fernanda Vivan.

A Promoção da Saúde é uma realização da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde e o grupo reúne-se semanalmente nas segundas-feiras às 8 horas na sala de reuniões da UBS.

No dia 10 de outubro, celebramos o Dia Mundial da Saúde Mental.

Esta data foi criada em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental. A organização considera a saúde mental uma prioridade e defende que é uma questão que ultrapassa a área da saúde. O objetivo de celebrar este dia é chamar a atenção pública para a questão de Saúde Mental global, e identificá-la como uma causa comum a todos os povos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticas ou socioeconômicas.

Para este ano, o dia traz como tema: Saúde Mental no Ambiente de Trabalho.

Preparamos algumas informações importantes para você. Acompanhe:

 

TRABALHO É ÓTIMO PARA A SAÚDE MENTAL, MAS...

Um ambiente de trabalho negativo pode levar a problemas na saúde tanto mental quanto física, assim como uso abusivo de álcool, absenteísmo e baixa produtividade.

Assédio e bullying no trabalho são problemas comumente reportados e podem causar um impacto negativo na Saúde Mental do Trabalhador.

 

RISCOS PARA A SAÚDE MENTAL NO TRABALHO

  • Políticas de Saúde e segurança inadequadas
  • Práticas de gestão e comunicação deficientes
  • Baixa participação no processo de tomada de decisão e pouco controle sobre sua prática profissional.
  • Suporte deficitário para os empregados
  • Horas de trabalho inflexíveis
  • Tarefas e objetivos sem sentido.

Locais de trabalho que promovem a Saúde Mental e que dão suporte a colaboradores com problemas mentais são mais prováveis de reduzir o número de absenteísmo, aumentar a produtividade e serem beneficiados por ganhos econômicos.

 

CRIANDO UM AMBIENTE DE TRABALHO SAUDÁVEL

  • Informar colaboradores de que existe ajuda disponível.
  • Promover a Saúde Mental através do desenvolvimento dos aspectos positivos do trabalho e da competência dos colaboradores.
  • Desenvolvimento de programas de carreira para os colaboradores
  • Reconhecer e recompensar colaboradores que se destaquem
  • Compreender as oportunidades e necessidades de seus colaboradores, no intuito de desenvolver políticas de saúde mental aprimoradas.
  • Aprender a partir das estratégias tanto de colaboradores quanto de gestores que demonstrem pró- atividade.

Dentro das programações da Semana Municipal da água, Aedes e borrachudo, os profissionais da saúde de nosso município participaram de uma qualificação ministrada pela Enfermeira Eliane Tibola e pelo Fiscal Ambiental Elias Simioni.

A palestra aconteceu na sala de reuniões da Unidade Básica de Saúde e abordou diversos temas como a importância do trabalho desenvolvido dentro do Programa de Controle dos borrachudos, importância da qualidade ambiental para a saúde da população, cuidados e uso consciente da água e prevenção do mosquito aedes.

Educação Permanente em Saúde é uma proposta que visa transformar e qualificar a atenção à saúde, as práticas de educação em saúde, além de incentivar a organização das ações e dos serviços.

 



 

Facebook