Como forma de atentar e garantir a saúde da população cotiporanense, a Prefeitura de Cotiporã através da Secretaria de Saúde preparou algumas informações sobre formas de prevenção, sintomas e cuidados contra a febre amarela. Fique atento:

 

- O que é a febre amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos.

 

- Quais são os sintomas?

As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso

- Vacinação

Após a pessoa passar pela febre amarela ela adquiri imunidade. Outra forma de ficarmos imunes a essa doença é através da vacinação.

Apesar de estarmos tendo casos da doença nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, entre outros, ainda não há relatos de casos no Rio Grande do Sul, por isso atenção:

  1. A vacina da Febre Amarela está disponível na unidade de saúde de forma rotineira para todo o público alvo (a partir dos nove meses até os 59 anos).
  2. Para as pessoas com mais de 60 anos ou outras peculiaridades, como gestantes, nutrizes e portadores de imunodeficiências, os casos devem ser analisados individualmente;
  3. Para conseguirmos vacinar o maior numero de pessoas com o mínimo de desperdício da vacina a unidade está organizada para disponibilizar a vacina nas segunda e quartas terças-feiras do mês com inicio da aplicação às 14:00 horas.
  4. Se você for viajar para áreas que estejam apresentando casos ou com indicação de vacinação, procure a unidade de saúde e se informe, pois a vacina deve ser aplicada com no mínimo 10 dias de antecedência;
  5. Não existe ainda necessidade de alarde e preocupação excessiva, em casos de dúvidas não fique com receio de procurar o seu Agente de Saúde ou a Unidade de Saúde da Família!



 

Facebook