Diversas foram as atividades desenvolvidas pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Educação e Escola Caminhos do Saber relacionadas a preservação do meio ambiente. Em uma delas, os alunos participaram de projetos voltados para o desenvolvimento de ações e posturas responsáveis diante de problemas ambientais, sensibilizando-os sobre a preservação do meio ambiente. As turmas dos 9º anos, orientados pela professora Simone Carlesso Bison, construíram maquetes representando cidades sustentáveis.

Uma cidade para ser sustentável necessitaria de um planejamento, um projeto que controlasse todo o seu desenvolvimento, para que assim pudessem ser utilizadas medidas que mantivessem o meio ambiente e a sociedade livres dos impactos causados pelo progresso.

Os projetos de Cidades Sustentáveis têm características básicas como:
• Áreas verdes por toda a cidade, para que não existam as poluições: visual e do ar;
• Utilização de energia através do gás metano, gerado com o tratamento de rede esgoto e lixo, o que colabora com a diminuição do lixo e com a conservação da água;
• Sistemas de reaproveitamento da água da chuva, para preservar a água potável;
• Meios de transporte públicos (que utilizem o biodiesel) gratuitos para evitar a locomoção de automóveis individuais;
• Prédios de no máximo quatro andares para que não exista a necessidade de elevadores;
• Construções feitas a partir de materiais verdes e de localidade próxima, para não prejudicar o meio ambiente, além de serem feitas sob projetos sustentáveis, com alternativas de reaproveitamento de água e captação de luz solar ou eólica;
• Sistema de coleta e reciclagem e reaproveitamento de todo o lixo produzido para que não haja poluição;
• Sistema de escoamento e tratamento de água para evitar enchentes e reabastecer os rios;
• Preservação das matas ciliares para que não haja assoreamento e poluição das águas.

 

Além de proporcionar momentos divertidos e estimular a criatividade, fazer brinquedos de sucata resgata tradições e é ecologicamente correto. Garrafas pet, embalagens vazias, papelão e jornal ganharam nova vida quando combinados a fitas coloridas, tesoura e cola, nas pequenas mãos de nossos alunos. Com a atividade as crianças compreenderam a importância da reutilização de materiais para a redução da utilização das fontes naturais a da quantidade de resíduos que são encaminhados aos lixões.
A atividade foi desenvolvida pelos alunos dos 4º anos da Escola Caminhos do Saber sob a orientação das professoras Lílian Gallina Storti e Sílvia Alves durante o Mês do Meio Ambiente.

Finalizando as atividades referentes ao mês do Meio Ambiente, na tarde da última sexta-feira, dia 30 de junho a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Educação e Desporto em parceria com a Cooperativa Santa Clara apresentou ao município o projeto cultural “Os Meninos das Porteiras”, o qual visa estimular os alunos a ampliarem seus conhecimentos sobre sustentabilidade e impactos da intervenção humana sobre o ambiente natural. 
Os alunos da Escola Infantil Amor e Carinho e Escola Municipal Caminhos do Saber encantaram-se e divertiram-se com o espetáculo teatral: “Histórias das Porteiras: Uma Aventura Urbana”. A apresentação tem direção geral e artística de Luiz Alves, tendo como objetivo trazer, por meio da linguagem teatral, a valorização das riquezas culturais do estado e abordar questões referentes aos impactos ambientais e a cidade. 
O gerente do Super Mercado Santa Clara Marcos Giliolli salientou a importância de ações culturais como essa que oferecem aos alunos a oportunidade de reflexão social e ambiental bem como práticas culturais e educativas voltadas ao cuidado com a natureza e a sustentabilidade. 
A Secretária de Educação e Desporto Elizabete Ramansini parabenizou aos atores pela belíssima apresentação teatral e agradeceu ao gerente Marcos pela parceria na realização do evento. 
Ao final da apresentação, os pequenos cotiporanenses receberam brindes referentes ao projeto e a turma do 5º Ano da escola Caminhos do Saber participou de uma oficina ministrada pelo diretor de arte Luiz Alves.

Na tarde do dia 29 de junho, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Educação e Desporto em parceria com a EMATER, dentro das atividades referentes ao mês do Meio Ambiente, realizou uma visita nas comunidades do município. 
Os alunos do 5º Ano da Escola Municipal Caminhos do Saber e a turma do Pré B da Escola Municipal de Educação Infantil Amor e Carinho, juntamente com as professoras Jorziane Zardo Bortoncello, Jéssica Romani, Fabiane Brunoni, Fernanda Beliskzi e o Chefe de Escritório da EMATER Valfredo Reali, dirigiram-se para o interior do município a fim de divulgar informações sobre educação ambiental.
Os pequenos cotiporanenses entregaram ás famílias envelopes personalizados por elas, os quais continham folders informativos, sensibilizando os produtores rurais sobre a consciência ecológica e ressaltaram a importância da contribuição de todos para o cuidado com o Meio Ambiente. 
O Prefeito Breda parabeniza aos professores e alunos pela realização da atividade, essa que de forma divertida e educativa incentiva os cotiporanenses a refletirem sobre os impactos humanos causados a natureza.

Na tarde do último domingo (25), a Associação dos Universitários de Cotiporã (AUC) desenvolveu atividades que visam o cuidado com a saúde dos pequenos cotiporanenses e o embelezamento da cidade.
Os estudantes recolheram as frutas das laranjeiras presentes no passeio público da cidade, as quais foram doadas as escolas da rede municipal de ensino para que sejam utilizadas no lanche das crianças.
Também, na mesma tarde, os universitários realizaram o plantio de flores no canteiro localizado em frente à Corsan na RS- 359, o qual foi adotado pela entidade que cuidará e embelezará o mesmo.
A diretoria da AUC agradeceu aos associados que participaram e colaboraram nas atividades.
O Prefeito Municipal José Carlos Breda parabeniza aos universitários pela iniciativa e agradece a dedicação e cuidado dos estudantes que trabalham em prol do município.



 

Facebook