Através da prorrogação do vencimento para o pagamento das parcelas, os beneficiários do programa Troca-Troca de Sementes de Milho poderão pagar os boletos até o dia 31 de maio de 2018.

O Programa Troca-Troca de Sementes de Milho é uma iniciativa da Prefeitura de Cotiporã através da Secretaria de Agricultura.

 

Nesta semana, mais de oito estradas receberam serviços de melhorias.

 

Devido aos mais de 500 km de estrada de chão existentes em Cotiporã, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Agricultura e Secretaria de Obras trabalha intensamente para atender a grande demanda na melhoria dos acessos às comunidades.

Durante a última semana, os serviços foram priorizados e a Administração buscou atender necessidades em diferentes pontos do município. Além da estrada principal para Bento Gonçalves (após o trecho asfaltado), as Comunidades de N. Sra. do Carmo, Monte Bérico, São Caetano, Santo Antônio do Moro, N. Sra. de Navegantes, N. Sra. Auxiliadora e N. Sra de Fátima receberam trabalhos para qualificação dos acessos.

Segundo o Prefeito José Carlos Breda, manter as estradas vicinais em boas qualidades é uma das prioridades da Administração Municipal que, pela sua grande extensão, exige muito esforço e tempo. Além disso, parabenizou a equipe pela qualidade do serviço realizado.

Conforme as necessidades, a Prefeitura de Cotiporã atenderá todas as comunidades visando a segurança, trafegabilidade e boas condições para o escoamento das produções.

 

 

Na tarde de quarta-feira (25), o Vice Prefeito Ivaldo Wearich e Secretário de Agricultura Douglas Penso participaram de Dia de Campo, realizado na propriedade de Lírio Luis Dalmas, localizada na comunidade de Santos Anjos. O evento foi organizado pela equipe da EMATER/RS-ASCAR, juntamente com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio, Conselho de Desenvolvimento Comunitário, Boqueirão, Cooperativa Santa Clara, Santa Helena Sementes e com o apoio da Cooperativa Sicredi.

Na oportunidade, Francisca Mazzochi da Silva e Jones Treviso, da Boqueirão e Cooperativa Santa Clara, respectivamente, destacaram o quão importante é a tomada das decisões pelo agricultor desde a escolha da variedade de milho, o ponto de colheita, a inoculação, a compactação e a perfeita vedação do silo, para produzir uma silagem de milho de elevada qualidade para alimentação dos bovinos de leite. Após, o representante da Santa Helena Sementes, Leonardo Rodrigues Ranzzi, realizou uma explanação sobre as variedades que a empresa estará disponibilizando no Programa Troca-Troca de Sementes.

Na seqüência, o Engenheiro Agrônomo da Emater-RS/ASCAR João Villa coordenou, junto aos agricultores presentes, um debate sobre a importância da fertilidade e da proteção do solo, da necessidade da calagem adequada e adubação equilibrada, tendo sempre por base a análise química de solo. Continuando neste assunto o Vice Prefeito Ivaldo Wearich e Secretário da Agricultura, Douglas Penso, esclareceram aos agricultores o Programa Terra Fértil voltado ao subsídio na compra de calcário para os agricultores familiares de Cotiporã.

Para encerrar a programação técnica, a Chefe do Escritório da Emater-RS/ASCAR, Jéssica Zalamena, fez uma abordagem sobre o Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, onde foi apresentado em que consiste o programa, a funcionalidade e a abrangência. Jéssica aproveitou a oportunidade para informar à família de Lírio Luis, que o caso de sucesso da propriedade leiteira da família será publicado num e-book que contemplará apenas 100 casos de todo o estado.

 

Na última semana, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Obras e Secretaria de Agricultura realizou os serviços de roçada, patrolagem e britagem nas estradas que dão acesso a Comunidade de Nossa Senhora de Fátima. 
Melhorias que visam a qualidade dos acessos e segurança dos cotiporanenses.

Sua estrada necessita de melhorias?
Entre em contato conosco para que possamos atender toda comunidade cotiporanense conforme demanda. (54)3446-2800

 

 

 

A partir do dia 2 de maio, acontece em Cotiporã, a primeira etapa da vacinação contra febre aftosa. A vacinação é de extrema importância para desenvolver a imunidade do rebanho, pois a febre aftosa é uma enfermidade que se espalha rapidamente trazendo perdas econômicas significativas.

A campanha se estende até o dia 31 de maio, sendo vacinados todos os bovinos e bubalinos, de todas as faixas etárias,  tendo o produtor que adquirir as vacinas nas casas agropecuárias. .

Segundo o MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) cerca de 218 milhões de animais devem ser vacinados.

Os produtores devem retirar na Inspetoria Veterinária da Prefeitura Municipal a declaração anual de rebanho onde devem relacionar todos os animais existentes na propriedade e entregá-la até o dia 7 de junho.

Mais informações sobre a dose das vacinas, conservação, local e via de aplicação devem ser obtidas com os profissionais veterinários pelo telefone: (54) 3446- 2800.

 



 

Facebook